12 de fevereiro de 2008

A internet e a Criança e o adolescente



A Internet está cada vez mais presente na vida das pessoas, especialmente das crianças e dos adolescentes que têm na rede seu maior meio de diversão no mundo atual. Num momento em que a violência está por todos os lados, a Internet vem tomando o lugar de uma ida à praia, de um passeio no parque ou uma visita a um coleguinha. Ficar em casa é mais seguro. Mas nesse ambiente a Internet é a jenela para o perigo que pensamos estar do lado de fora.

Sabemos que através da internet temos acesso a um mundo de informações e conhecimentos, podemos, por exemplo, ler aquele jornal internacional tão importante e saber o que está acontecendo ao redor do mundo com um clique. Mas esse é um meio de comunicação ingovernável. É impossível controlar o que é acessado pelas crianças e pelos adolescentes, saber com quem eles trocam informações e até confidências; muitas vezes essas trocas ocorrem com desconhecidos .

Hoje existem muitos programas de bloqueio que os pais podem usar para regular os sites visitados pelos seus filhos, porém, especialistas alertam que nenhum software é capaz de bloquear os milhares de sites.

Com a média de 15horas e 25 minutos dedicados por crianças brasileiras ao computador o Brasil já ultrapassou países como os Estados Unidos e a Austrália. Daí a relevância de saber com quem elas se relacionam, que sites visitam e, especialmente, estipular um tempo limite de uso do micro durante a semana e nos finais de semana também. Isso é importante para que as crianças não deixem de fazer outras atividades mais socializantes, menos solitárias. Uma vez que o simples brincar com uma coleguinha se transforma em aprendizado social, ensina como devemos nos comportar em sociedade.

Ao lado da antiga preocupação com a influencia da televisão,dos videogames, das revistas em quadrinhos, está hoje o receio crescente com os perigos e a influencia negativa da rede sobre as inexperientes e influenciáveis crianças. Por tudo isso, cabe aos pais estarem fiscalizando o acesso dos filhos e procurar orientá-los sobre os perigos presentes na rede. Para tal os pais têm que procurar estar se familiarizando com o mundo virtual e seus termos, para assim, fiscalizar e orientar melhor. E desta forma proteger seus filhos e sua casa.

29 comentários:

Joaninha Elétrica disse...

Concordo totalmente com o seu texto, acho que os pais deveriam verificar ao que seus filhos tem acesso quando estão na internet, mas mais ainda, conhecer aquilo que está na sua frente. Temos em muitos adultos hoje uma postura de não gosto-não conheço-digo que é ruim em relação a muita coisa que rola por aí. Um exemplo são os games atuais, onde muitos levantam uma verdadeira Inquisição atrás de jogos por acharem que influenciam e tornam pessoas comuns em assassinos. Essas pessoas sequer viram os jogos na frente e atiram pedras. Em suma, se os pais querem proteger seus filhos de coisas realmente ruins que andam pela internet, deveriam eles conhecer bem por onde andam seus rebentos. Lembrar sempre que o conhecimento é o inimigo da ignorância cega e dos exageros, portanto conheceis antes de criticar, mostre o melhor caminho antes de proibir e eduque em vez de ignorar o problema.

A sua preocupação é válida e seu ponto de vista tem bastante fundamento. Queria que mais pais pudessem ler seus textos. Parabéns pelo blog.

Camila disse...

É sobretudo, responsabilidade dos pais conversar e alertar seus filhos, pq hj as crianças não devem se tornar analfabetos digitais, mas td tem limite!

Mickey disse...

bom esse ponto de vista, está certo porque crianças sao inteligentes e conseguem burlar kalker coisa, mas mesmo assim, elas tem um pouco de noção do que fazem, é so serem alertadas sobre o perigo como você mesmo disse , eu mesmo ja passei por essa fase, mas sempre fui atencioso, mas tem jovens e até mesmo adultos que nao veem o perigo da coisa. mas o certo é vigiar mesmo... ou melhor se nao puder vigiar tira. Tirar o vicio !!!!!,....rsrs drastico demais....hehe :D

ai depois passa no meu vlw


http://sonacachaca.blogspot.com

Johny Farias disse...

Exatamente, os pais acham que as crianças estão seguras em casa, por
estarem na internet e não na rua,
mas se for mal usada a internet
isso pode custar caro.

Tem um orgão espanhol, que
ajuda e divulga como deve ser
o bom funcionamento da internet, alerta os pais sobre todos os perigos. Bacana teu texto, estou adorando ler essa sua visão crítica das coisas. Parabéns.

Beijo's

Iza disse...

Eu acho que crianças sá poderiam utilizar a internet acompanhadas dos pais. Hoje em dia é uma liberação total. Tudo em nome da nova concepção de educação infantil.
Isso tem que ser revisto.

bob.loco disse...

post legal , blog bom


axo q as crianças passam mto tempo na frente da internet, jogando megas jogos 3d, falando com os amigos, nessa onde de msn e orkut, e deixam aquelas antigas brincadeiras de lado , como jogar pião, bola de gude, pega-pega e etc...

...
...
pq eu fui nascer naquela ehpoca :/
queria ser criança ainda

Paulo Sidney disse...

Isso é verdade, internet é muito bom, mas pode ser a porta de entrada de vários tipos de violência e abuso.

Marcos V. disse...

Pois é! A internet é uma criadora de atalhos; tanto para o bem quanto para o mal! Ao mesmo tempo que ela pode ser de muita utilidade para as crianças( estudos, recreação, cultura) ela também pode ser fonte de preocupação para os pais e educadores. Lembro que no meu tempo de criança assistir a um filme pornô, por exemplo, equivalia a passar no vestibular chutando todas as questões, SUPER DIFÍCIL!! Hoje qualquer criança pode ver todo tipo de coisa na net sem a menor dificuldade e isso não é saudável ao desenvolvimento psicológico delas. Sem falar em perigos piores que a internet impige às crianças como a pedofilia! Cabe aos pais se atentarem sem reservas ao que os filhos fazem na frente do computador. Educar é mais do que criar e sustentar, é dar atenção e preservar o que é de mais importante aos pais: os filhos!

Nanda Kiedis Declama disse...

Tudo tem seu lado bom e o seu lado ruim.

Adorei os livros que gosta, muito bom gosto!!

Bjs

Júnior Soares disse...

Olá, fui eu que escrevi o texto sim....E foi um sentimento que tava me passando naqueles momento, faz um tempinho já que eu escrevi, mas só agora coloquei no blog.
O seu blog tbm é muito interessante,temas que valem a pena ler, não só valem a pena, mas são necessários.
Beijos, e volte sempre!

Codinome H disse...

O ideal é não proibir muito na minha opinião. Mas os pais devem estar presentes, levando o filho pra passear, pra fazer coisas que ele goste.
Senão a criança não vai fazer.
Agora adolescente é uma merda. (acredite eu sou um deles). Geralmente ele quer se afastar da fampilia e talz...
Precisar ter muito saco pra lidar com essa raça. xD

abç^^

Niseloka disse...

gostei da enquete..ficou difícil votar.

Leandro disse...

Aee eu concordo com isso tbm.... ó e verdade que a net mesmo já faz parte do so dia dia,

e assino embaixo no que a Joaninha disse...

Leandro disse...

hihihhihihih

Brigadimmmmm

de coração mesmoooooo

Por Ricardo Cazarino disse...

Olá! Ótimo post! Você tem razão, hoje, é um perigo deixar os filhos uasarem a internet sem um controle prévio. Essa tarefa cabe aos pais e responsáveis. Muitos pensam que por o filho estar dentro de casa ele está seguro, pelo contrário, essa ferramenta universal precisa ser controlada!
Até mais.
Bjs

Jan Träumer disse...

Retribuindo a visita.
Ah, como tudo na vida, a internet deve ser usada com moderação, ainda mais na fase de formação, os pais deve indicar os livros e os programas q os filhos devem ver, observar o q vêem e lêem, também deve ser assim com a internet.
Quanto aqueles q dizem q tudo é ruim, a vida deles deve ser ruim!

bjo!

Osmar Mesquita disse...

Com certeza...
minha irma msmo nao sabe nem o q e mais bob esponja...
huahuhuahuhuaa
a internet evolui mais nao sei se pra melhor nesse caso...
parabens pelo texto ficou muito bom...


http://bombadigital.blogspot.com/

µЙ∂M™ disse...

é... infelizmente nessa vida... tudo tem seu lado bom... mas tmbem o lado ruim... e realmente só cabe aos pais monitorar o filho anda vendo na internet...

mas... liberdade as vezes é bom e tudo mundo gosta... só ter MODERAÇÃO!!!

Fred Schubert disse...

realmente tem muita coisa que não é saudavel pra criança na internet.

Rafaela disse...

muito bom esse post , estou fazendo um trabalho sobre internet e adolescentes e me ajudou bastante ! Parabéns !

GIIH KARTALLYAN disse...

q'post hein.eu to fazenu um trabalho sobre a influencia da internet na vida de crianças e jovens e seu texto mi judo mt.finalmente um texto claro sem aqueles papo q' se naum intendi absolutamente nd.parabens
mais liberdade é bom.........é so ter moderação e boaaaaaaaaa
xauuuuuuuuuu

Anônimo disse...

acho iso totalmentee certo pois os pais deveriam ter consiecia e conversa com seus filhos sobre o uso da internet.Pq a internet pode ser um mal caminho p/ eles!!!

Anônimo disse...

nossa, é verdade, me abriu o olho esse texto, parabens para o inteligentissimo autor! todos temos que ter limites e saber como usar as coisas!!!

Anônimo disse...

EU ACHEI O SEU BLOG UMA PORCARIA

Anônimo disse...

blog chato ne galeras?
não acredito que eu li isso

Anônimo disse...

sou um critico de blogs e chato esse

Anônimo disse...

EU ACHEI O SEU BLOG UMA BELA PORCARIA SUA OU SEU CHATO GDE GALOCHA

Anônimo disse...

ola a vc q tbm se interessou por esse site!!!!!!!!Bom ele é muito verdadeiro e realment devemos saber nos controlar para q cada vez mais o mundo melhore afinal só carangueijo anda pra trass!!!!!!Falou?? por paraense gent boa!!!!

Anônimo disse...

A e para qm accha isso chato :chato é vc seu dement!!!!!!!!